Polícia

PM fecha ponto de tráfico e encontra drogas até dentro de aspirador de pó em Patos

A Polícia Militar fechou mais um ponto de atividades do tráfico na cidade de Patos, nesta terça-feira (09). Foram apreendidos mais de 10 kg de maconha, R$ 17 mil em dinheiro, balanças de precisão, embalagens, uma maquineta para vender drogas no cartão e uma réplica de fuzil. O que chamou atenção dos policiais foi que parte da droga estava escondida em um aspirador de pó.

Este foi o segundo dia consecutivo de combate ao esquema de venda de entorpecentes no município, através da atuação da Ronda Ostensiva Tática com Apoio de Motocicletas (Rotam) do 3º Batalhão.

A ação desta terça aconteceu no bairro São Sebastião e resultou na prisão de um suspeito de 26 anos. Ele foi encontrado na rua Sargento Lourival Diniz, durante rondas da polícia, que havia sido informada sobre atividades do tráfico na localidade.

O suspeito estava sem documento e, quando foi buscar em casa, os policiais sentiram um forte odor vindo da residência dele, onde foram vistos pacotes com a maconha.

O local era usado para armazenar e vender drogas, principalmente maconha. Era uma residência no térreo e outra no andar de cima. Na ação, foram apreendidas mais de 120 embalagens com a droga já pronta para a venda, pacotes com o entorpecente para ainda ser tratado, balanças para a pesagem do produto, doze gramas de cocaína, uma máquina para atender usuários com cartão de crédito/débito, 17.969 reais em dinheiro e uma réplica de fuzil. Parte do material foi estava escondido dentro de um aspirador de pó.

O caso foi levado para a Delegacia de Polícia, em Patos. Na segunda-feira (08), o esquema de tráfico desarticulado foi no bairro das Placas, onde padrasto e enteado foram presos com quase 4 kg de maconha. Novas ações devem acontecer nos próximos dias.

Redação

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios