Educação

Professor Eduardo Rabenhorst declara apoio a Isac Medeiros e Regina Celi, na UFPB.

O Professor Titular do Centro de Ciências Jurídicas, Eduardo Rabenhorst, Vice-Reitor da Universidade Federal da Paraíba, na gestão 2012-2016, manifestou, na tarde desta terça-feira (18), apoio às candidaturas a Reitor e Vice-Reitora da UFPB, Isac Medeiros e Regina Celi, que compõem a chapa UFPB EM PRIMEIRO LUGAR.

Segundo Eduardo Rabenhorst, “Estamos a viver tempos de enormes desafios. O ano vindouro exigirá dos gestores públicos experiência administrativa e a capacidade de agregar de forma mais abrangente a força de professores, técnico-administrativos e estudantes, em torno do trabalho de excelência que vem sendo desenvolvido nas diversas áreas do conhecimento da UFPB”.

Rabenhorst salienta que “A sociedade brasileira compreendeu a importância das universidades públicas no combate aos contornos trágicos da pandemia do Covid-19. Em muitas das ações inovadoras do tratamento e prevenção dessa doença, pesquisadores da UFPB mostraram protagonismo e destaque”.

Destaca, então, “Por isso meu apoio incondicional aos candidatos da “Chapa 1” no processo de escolha dos novos reitores. Os dois candidatos são professores talentosos, reconhecidos, nacional e internacionalmente, com vivência e conhecimento de nossa instituição. Minha escolha está feita: Isac Medeiros e Regina Celi. UFPB em primeiro lugar!

Sobre o apoio incondicional feito pelo professor Eduardo Rabenhorst à chapa 1, Isac Medeiros e Regina Celi disseram que “ter ao nosso lado alguém com a dimensão intelectual de Eduardo muito nos honra. Representa reforço imprescindível para elevar ainda mais a UFPB, que nos últimos anos, pelo trabalho de excelência realizado, alcançou níveis importantes de reconhecimento local, nacional e internacional”, pontuaram.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios