Esportes

Miranda de volta? Mais reforços? Veja o que diretoria do São Paulo pensa sobre atuação no mercado

Tricolor está satisfeito com elenco e enfrenta crise financeira; zagueiro é monitorado

O São Paulo não contratou nenhum jogador novo para o elenco de 2020 e não prioriza reforços neste momento.

Pouco ativo no mercado da bola durante a temporada, o Tricolor está satisfeito com o grupo atual e tem como preocupação principal enfrentar a crise financeira agravada pela pandemia de Covid-19.

Houve redução salarial de 50% na CLT dos jogadores e congelamento nos pagamentos dos direitos de imagem de abril em diante. O direito de imagem de março ficou atrasado. O clube também cortou os salários dos funcionários: primeiro em 25% e depois em 50%.

Por isso, embora esteja atento, o São Paulo só pensaria em fazer movimentações caso houvesse uma oportunidade de mercado a ser avaliada.

Também em má situação financeira, o rival Corinthians tem avançada a negociação para contratar Jô justamente por se tratar de uma oportunidade. O atacante está de saída do Japão e tem identificação com o clube do Parque São Jorge.

Um exemplo de uma possível oportunidade para o São Paulo seria Miranda, zagueiro atualmente no chinês Jiangsu Suning e com contrato até julho de 2021. Ele está em Curitiba durante a quarentena.

O Tricolor mantém contato constante com o defensor de 35 anos, para quem as portas do Morumbi estão abertas. Se nada mudar, ele ficaria livre para assinar um pré-contrato a partir do início de 2021.

Neste momento o departamento de futebol está satisfeito com as opções de elenco para a defesa. Bruno Alves, Arboleda e Anderson Martins (este com contrato até o fim do ano) são os principais nomes.

Ao podcast “GE São Paulo”, em maio, o gerente Alexandre Pássaro explicou que a situação de Miranda é parecida com a de Lucas Moura ou Hernanes, jogadores identificados com o São Paulo.

A iminente saída de Antony para o Ajax, programada para julho, significará a perda de um titular no time do técnico Fernando Diniz. Não há uma perspectiva de reposição imediata com uma contratação.

Dentro do elenco e com outras características, Pablo seria um possível substituto para formar ataque ao lado de Pato e Vitor Bueno.

O dinheiro da negociação de Antony será crucial para o caixa em meio à crise. A venda realizada neste ano, da maneira que foi feita, é encarada como salvadora nos bastidores.

A programação é que o São Paulo receba 9,750 milhões de euros no momento da saída e mais 6 milhões de euros no fim do ano. A alta do euro causada pela pandemia global renderá mais dinheiro ao clube.

Mas ainda há a necessidade de vendas durante 2020 e Igor Gomes é hoje o atleta mais valorizado. Segundo o “AS”, o Real Madrid está de olho nele. Tanto Raí quanto Pássaro admitiram que o meia desperta interesses de europeus no mercado da bola.

GloboEsporte

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios