Saúde

João anuncia distribuição de respiradores pulmonares para nove cidades

O governador João Azevedo (Cidadania) anunciou a distribuição de ventiladores pulmonares e consequentemente a abertura de novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para o tratamento da covid-19, no Estado. Serão entregues equipamentos para diversas cidades por conta da interiorização da doença. As novidades foram assuntos destaques no seu programa de rádio, Fala Governador, na Rádio Tabajara, na tarde desta segunda-feira (29).
Para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Princesa Isabel, no Sertão paraibano, o governo vai abrir mais um leito de UTI. O Hospital Regional de Cajazeiras receberá dois ventiladores pulmonares e a UPA ganhará três leitos de UTI, totalizando cinco. Em Piancó e no Hospital Regional de Pombal, os equipamentos serão substituídos por novos. “Estamos mandando oito novos ventiladores para Piancó, cinco ventiladores novos para Pombal, trazendo os que estão lá para passar por manutenção, e oferecendo um melhor atendimento para população”, afirmou o chefe do executivo no Estado.
Enquanto o Complexo Hospitalar de Patos receberá mais quatro ventiladores, ficando na região com 30 leitos de UTI. A UPA de Guarabira ganhará mais três leitos de UTI. O Estado disponibilizará para o Hospital de Clínicas, em Campina Grande, 15 leitos de UTI. Em Santa Rita serão mais três ventiladores, ou seja, três leitos. O hospital de Mamanguape ganhará mais dois leitos. Em João Pessoa serão 20 ventiladores para Maternidade Frei Maternidade e 21 para o Hospital Solidário, em Santa Rita. “Com isso, nós estamos atendendo todo o Estado da Paraíba e reforçando as estruturas existentes para que a gente possa atender melhor, principalmente, nesse momento de que há interiorização para todo estado”, frisou.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios