Saúde

Gestação segura: a importância da testagem em mulheres grávidas

O nascer de mais um bebê é motivo de muita alegria e que esse momento possa ser festejado por parentes e amigos, mas atenção. A tradição das primeiras horas após o parto, no entanto, está diferente em tempos de Covid-19. E não é só ela. Os cuidados diante da pandemia do novo coronavírus forçaram mudanças comportamentais e estruturais nas maternidades desde o pré, passando pelo parto até chegar ao pós, portanto é fundamental a testagem nas mulheres grávidas.

Sobre cuidados específicos neste momento de pandemia, caso a gestante esteja com sintomas gripais leves, ou tenha tido contato com caso confirmado de Covid-19, recomenda-se o isolamento domiciliar por 14 dias, que ela procure agendar o exame nos serviços de drive-thru, e que procure atendimento hospitalar nos casos de agravamento dos sintomas, como febre, falta de ar, dificuldade para respirar.

Não se recomenda a peregrinação dos serviços de saúde em busca de realização do teste ou atendimento de sintomas leves, pois isso aumenta o risco de contaminação de outras pessoas e superlota os serviços de saúde, que já estão sobrecarregados com as demandas. “Nosso trabalho e cuidados continuam intensos, tudo pelo bem estar e a boa saúde dos paraibanos, sejam as mulheres grávidas e o público em geral”, disse Fábio Rocha

A recomendações são as mesmas que para a população geral: isolamento social, lavagem frequente das mãos com água e sabão ou, na impossibilidade de lavar as mãos, o uso de álcool gel, bem como o uso de máscara. As consultas de pré-natal não devem ser suspensas, porém devem ser otimizadas a somente o necessário.

Vejam bem: um diagnóstico precoce já é uma forma de garantir um tratamento mais efetivo e uma recuperação mais rápida; para a segurança da mãe e do bebê e para isso é preciso reforçar a disponibilidade de testes.

O Laboratório Maurilio de Almeida vem fazendo coleta em domicilio para melhor atender a saúde das mães e dos bebês, e, claro de toda família.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios