Eleições 2020

Denise Albuquerque deixa SEDH para concorrer à Prefeitura de Cajazeiras

A secretária executiva de Desenvolvimento Humano da Paraíba, Denise Albuquerque (Cidadania) protocola nesta quarta-feira (3) sua saída da pasta, após quase 4 anos. Ela deixa o cargo no prazo de desincompatibilização, estabelecido pela legislação para quem pretende disputar cargo eletivo nas eleições deste ano.

Ao deixar a pasta, Denise Albuquerque agradeceu a oportunidade ao governador João Azevêdo (Cidadania) de poder contribuir com o estado, destacando as ações executadas em vários municípios paraibanos. Ela destacou as parcerias, elogiou os servidores efetivos e prestadores de serviço pelos projetos executados como o “Cidade Madura”, o “Cartão Alimentação”, o Programa “Leite da Paraíba”, “Casas da Cidadania” e os “Restaurantes Populares”.

Pré-candidata a prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque frisou que se sente muita mais preparada para retomar o comando da Prefeitura de Cajazeiras e lembrou que coloca seu nome para as disputas, não por vontade pessoal, e sim pelos pedidos de inúmeros cajazeirenses que querem seu retorno.

“Daremos sequencia a um projeto que foi interrompido em 2016, pela vontade popular. Respeitei a decisão do povo, mas o gestor que assumiu até hoje não disse para o que veio. Desastrosa administração. Não cumpre com os servidores, desacata as pessoas de bem da cidade que pensam diferente dele e abandona literalmente as famílias mais pobres que moram nos bairros periféricos. A zona rural clama por apoio, a saúde em quatro anos teve quatro secretários, o social é capenga e a credibilidade com os fornecedores não existe,” frisou.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios