Geral

Cruzes são espalhadas em praia de João Pessoa em protesto contra Bolsonaro

A praia de Tambaú, em João Pessoa, amanheceu neste domingo (7) com várias cruzes espalhadas pela areia por manifestantes para protestar contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O ato simbólico de espalhar cruzes na praia foi para lembrar os mortos pela pandemia do novo coronavírus e protestar contra as medidas adotadas pelo governo federal para combater a Covid-19.

Os manifestantes se identificaram como “militantes de diversas áreas, organizadas e organizados em grupo de WhatsApp”. O protesto através de uma intervenção visual foi criado para demonstrar indignação contra o governo federal, mas respeitando as medidas de distanciamento, uso de máscaras e o isolamento social rígido estabelecido na região metropolitana de João Pessoa, que teve início no dia 1° de junho.

Um boneco com o rosto do presidente da república e cartazes pedindo a saída de Jair Bolsonaro do governo também foram expostos nas areias da praia. O ato também serviu para reforçar a luta contra o racismo, pelas mortes recentes dos meninos João Pedro e Miguel.

Manifestantes deixaram boneco com a cara do presidente e faixas próximo ao Busto de Tamandaré, em João Pessoa — Foto: Divulgação

“O ato simbólico teve como objetivo mostrar a indignação para com o governo Bolsonaro, que vem tomando medidas contrárias a comunidade internacional e científica, tomando inclusive rumos autoritaristas, passando a omitir os números totais de vítimas da Covid-19”, afirma a nota encaminhada pelos organizadores do protesto.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios