Esportes

Coritiba demite treinador e executivo de futebol; Ex-Ponte é o favorito para assumir

Esta foi a primeira mudança de treinador na Série A do Campeonato Brasileiro

Eduardo Barroca não é mais técnico do Coritiba. A diretoria do clube paranaense comunicou o desligamento do treinador na manhã desta quinta-feira, em menos de 24 horas após a derrota para o Corinthians, por 3 a 1, no Itaquerão. Ele não suportou a fase negativa da equipe, que vem de seis revés consecutivos, sendo quatro apenas do Campeonato Brasileiro.

Além de Eduardo Barroca, deixaram o clube: o auxiliar Felipe Lucena, o preparador físico Anderson Gomes e o diretor executivo Rodrigo Pastana, que esteve como homem forte do futebol do Coritiba por 20 meses, tendo participação no acesso do clube à elite do futebol brasileiro. Ele era o principal defensor do trabalho do treinador.
Eduardo Barroca comandou o Coritiba em 22 jogos, com 11 vitórias, empates empates e oito derrotas, com um aproveitamento de 54%. O treinador chegou ao Coxa após trabalhos por Botafogo e Atlético Goianiense.

NOVO NOME
Com a saída de Eduardo Barroca, o Coritiba segue em busca de um novo nome para assumir o clube. O favorito é Jorginho, que foi justamente substituído pelo ex-comandante do Botafogo. Na ocasião, clube e treinador não chegaram a um acordo sobre a renovação contratual.
Para o cargo de diretor, o Coritiba trabalha com dois nomes. São eles: William Thomas, que recentemente pediu demissão do Santos, e Rui Costa, que estava na Chapecoense.

No próximo domingo, o auxiliar técnico Mozart comanda a equipe de maneira interina diante do Red Bull Bragantino, pela quinta rodada do Brasileiro.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios