Esportes

Bill Russell critica Trump: “Você é uma pessoa que divide e um covarde”

Maior vencedor da história da NBA, com 11 títulos, diz que o presidente dos EUA desvirtua o motivo do protesto em que se ajoelha ao considerá-lo "antiamericano".

Mais um grande nome da história do basquete americano se pronunciou sobre protestos contra o racismo nos Estados Unidos. Bill Russell – maior vencedor da NBA, com 11 títulos, todos com a camisa do Boston Celtics – criticou o presidente dos EUA, Donald Trump, por, segundo ele, desvirtuar o razão do protesto em que se ajoelha.

– Trump, você projetou sua narrativa de que se ajoelhar é desrespeitoso e antiamericano. Nunca foi sobre isso. Você é uma pessoa que divide e um covarde. Precisa coragem para lutar pelo certo e arriscar sua vida no meio de uma pandemia – escreveu Russell numa rede social.

TheBillRussell

@RealBillRussell

you projected your narrative that is disrespectful & it was never about that! You are divisive & a coward. It takes true courage 2 stand 4 what is right & risk your life in the midst of a @MSNBC @BostonGlobe https://twitter.com/realdonaldtrump/status/1268998143733051394 

Ver imagem no Twitter
Donald J. Trump

@realDonaldTrump

Respondendo a @realDonaldTrump

…We should be standing up straight and tall, ideally with a salute, or a hand on heart. There are other things you can protest, but not our Great American Flag – NO KNEELING!

18,1 mil pessoas estão falando sobre isso

Na esteira de uma sequência de assassinatos de cidadãos negros, em geral por abuso de policiais, criou-se um movimento de protesto contra o racismo nos Estados Unidos. Em um jogo de pré-temporada do futebol americano em 2016, Colin Kaepernick abaixou-se durante o hino nacional e se recusou a cantá-lo. Ele também usou meias que tinham imagens de policiais caracterizados como porcos durante os jogos.

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios